domingo, 10 de outubro de 2010

Amizade entre ex namorados - é possível?





Haviam se separado há mais de uma década. Às vezes, ao meio dia, ele telefonava. Dizia para ela sintonizar no “canal X” – já que a tevê transmitia uma entrevista imperdível. Outras vezes, de noite (e mesmo à meia noite) ele ligava. Anunciava que iria escovar os dentes e depois dormir. Então trabalhavam, tomavam chope, e até café da manhã degustavam, juntos. Contando, ninguém acredita. Entre este ex casal, nada mais existe além de uma bela, verdadeira e profunda, amizade.

Há quem acredite em vida após a morte, vida além da Terra, em político honesto e em amizade entre ex namorados. Pois eu declaro, sem qualquer vestígio de vergonha, que faço parte deste grupo de pessoas. Ainda mais depois de ter ouvido, há pouco, a história relatada acima. Credulidade? Digamos que eu seja uma pessoa esperançosa. Dessas que procuram ver a vida do modo mais improvável, de ângulos inusitados. Sempre com boa dose de fé.

E amizade é o que de melhor levamos – alguém duvida?

Além disso, confesso que sou um ser teimoso, “com a lua, regendo os afetos, no signo de touro”, observaria um astrólogo. O que torna qualquer tentativa de preservar algo de bom... tentadora. Mas, muita calma nesta hora! Para que a amizade floresça é preciso tempo. É preciso superar as mágoas do final do relacionamento e, sobretudo, não fazer da amizade aquela desculpa para outro tipo de reaproximação.

Ex namorados são os caras que em geral melhor nos conhecem. Se a relação acabou, quem sabe não dá mais certo em outro “formato”? Mas – novamente - atenção! Amizade boa entre ex simplesmente acontece. Só mesmo o bendito tempo nos indica quem veio para passar, ou para ficar. Como diz Mario Quintana... “Amizade é um amor que nunca morre”.

Quando digo “amigo” não me refiro necessariamente àquele que te liga quase toda semana, para quem falamos sobre os novos pretendentes ou com quem compartilhamos os melhores filmes em cartaz. Um ex namorado não suportaria tudo isso assim, de uma vez só. E nem você da parte dele! Aqui o que eu chamo de amizade é aquela doçura, o acolhimento de quem já teve você nos braços e sabe do seu valor e importância no mundo. Isso é possível entre ex namorados, ficantes, amantes, mulheres e maridos.

Tenho um amigo - ex namorado - que já me deu um empurrãozinho para um belo emprego. Quando preciso, ele surge como um anjo, em diversas situações. Tem outro que sempre liga no dia do meu aniversário – e eu, no dele. Quando nos encontramos é aquela alegria. Tão boas as lembranças. Outros, não ligam. Mas a gente sabe que se importam.

Tem ex que rende ainda alguns beijos. Que vale um abraço gostoso. Mas lá no fundo - você sabe – não pode oferecer algo mais. Tem ex que ganha sobrevida, ex que toma chope em boteco, conta sobre as atuais, apresenta a noiva, e tenta te dar beijo com gosto de língua. É a melhor das sensações. Afinal, beijo com gosto de língua indica que a atração realmente se foi. Ficou a amizade.

Claro, existem aqueles caras que te deixam tão somente com uma “baba” de ódio no canto da boca, tamanha falta de amizade e compreensão. Mas esses são mais fáceis de abrir mão. E também esses, abençoados pela amnésia cumulativa que vem com o tempo... estão sujeitos à dádiva do perdão.

Mais do que nunca, acredito que a amizade seja o verdadeiro amor - bem-sucedido. E que o verdadeiro amor só existe quando fundado na mais profunda amizade.

Este post é uma homenagem aos “ex”. Que mesmo quando mortos, seguem vivos. Nos tornando melhores, piores, melhores... mais espertas, e maduras.

12 comentários:

Isabel Cassano disse...

July, adoro seus textos! Assim como gosto de nossas conversas. Nenhuma novidade, né? Eu quero crer que um dia conseguirei sem amiga de verdade dos ex... Acho que isso seria uma forma de amadurecimento da minha parte. Estou trabalhando para isso.... Bjos

Carla Rosa disse...

ah, amiga!
esperança é com a gente mesmo, né?
tenho cultivado amizade e carinho pelos meus ex. não foram muitos, apenas 2. não me vejo carregando mágoas e histórias mal resolvidas por aí...pesa demais. tão bom poder ampliar o horizonte dos sentimentos, sentir que vale a pena manter um elo, mínimo que seja, com alguém que foi tão importante pra vc. Gosto disso.
beijo!

Anônimo disse...

Oi Juca, como sempre encantando a gente. Adoro te ver, te ler, adoro você. Parabéns.
Um grande abraço

Aline Juruena disse...

Oi Julia. Muito lindo O BLOG! Acredito também que todas as relações que vivemos nos amadurecem. Parabéns pelos lindos textos. Bjs Aline.

Blog da Marcy disse...

Eu convivo bem com meus ex.
Mas sem mt contato. Se vejo cumprimento, troco umas palavrinhas e pronto.

Anônimo disse...

Alguns ex merecem minha atençao, outros, desejo nunca mais ve-los! mortos, de preferencia!

liny de souza nunes disse...

eu tenho amizade com dois exs meus.Se tornarão meus melhores amigos

sonia regina disse...

quando o sentimento termina,de um dos lados,temos que compreender isso porque não sermos amigas ou darmos a chance da pessoa ser nosso amigo,e possivel sim tenho amizade com pessoa que já fiquei,é muito bom,sempre podemos,virar para uma nova pagina nossa vida,as vezes a pessoa é melhor como amigo(A)do que como namorado,é muito interessante esse tema júlia,é só amadurecer a idéia e tentar,mas bem entendido nâo deixar mais nada acontecer só amizade senâo complica a situação.

Anônimo disse...

Eu acredito que quando você tem amizade com seu ex é por que mesmo inconsciente, você quer voltar a ter a mesma vida de antes...na época de namoro.

luciana disse...

fui casada c meu ex durante 6 anos, após um tempo de desgaste depois da separação, ficamos amigos, e só amigos, nada mais, conversamos pelo MSN, Orkut,é estranho, por a gente se conhece tão bem, mas não deu certo juntos, mas como amigos, somos muito melhores.Fico feliz!!e gostaria que todo mundo fosse assim também, mas amizades entre ex, não é pra todo mundo, depende como acabou, se acabou tranquilamente, sem ofensas, sem brigas, dá pra ficar amigos se ambos concordarem!!Eu gosto!!!Deixei um marido, pra arrumar um amigo!!

thaii Xonadinha`h disse...

e quando amamos o ex
e se torna amigos
o que acontece?

Anônimo disse...

É possível, mas leva teeeeempo... até não sentir mais tristeza nem ter lembranças doloridas do que não volta mais.